Google+

quarta-feira, julho 30, 2014

Levantando Arautos da Família



“Sem ajuda de Nossa Senhora não se chega ao céu. Rezai, Santificai-vos, 
salvai-nos.”
(Santa Gianna Beretta Molla)
Gianna Beretta Molla foi uma grande mulher e santa viveu na sua época, em santidade, na terna beleza de uma mulher cristã. Como bem enfatiza Salomão a mulher sabia edifica sua casa e a tola a destrói com suas próprias mãos. (Provérbios 14,1)
Gianna construiu e nos deixou um forte legado que é a Defesa da vida, uma urgência perene e necessária em certas ocasiões tem de nos doar pelo amado (a). A filha de Santa Gianna Beretta Molla a pequena Emanuela afirmou: "Sinto em mim a força e coragem de viver, sinto que a vida me sorri, e ajudando a minha natural disposição e desejo de honrar a memória de mamãe e ser para ela motivo de orgulho no cuidado na assistência dos anciãos que foram seus doentes prediletos”.
Assim como a Virgem Maria que foi uma mulher exemplar para a humanidade ao dar o seu sim a Deus e a partir dali se tornou a mãe de Jesus Cristo. Gianna construiu ao lado de Pedro Beretta uma família feliz alicerçada na oração, na busca solidaria da ajuda aos mais pobres a quem prestou exercício da sua profissão como médica. A Virgem Maria nos é molde para a vida, pois esta nunca evitou em cuidar do seu filho de lhe dar carinho.
Gianna também faz a grande escolha de dar ao indefeso o direito inviolável da vida quando esta teve de decidir em viver ou abortar esta se coloca na posição de defensora dos nascituros. Assim como Maria a jovem Italiana se coloca nas mãos de Deus para a sua missão de Ser Mãe.
A maternidade é uma dadiva de Deus, e Gianna não se absteve de nos dar um grande exemplo de como ser uma mulher modesta, recatada, bela, e sobretudo uma mulher dada ao temor de Deus. Para levantarmos uma geração que defenda a vida humana como algo necessário e urgente se faz essencial que nós busquemos saber que são os principais agentes da batalha em defesa do indefensável. Neste ano de 2014 temos nas mãos um grande arma que é a nossa pressão e a nossa ação nas urnas em Outubro.
Não poderíamos nós cair na vã e ilusória ideia de que basta se manifestar contra o aborto a eutanásia e diversas outras causas que são de grande relevância para a sociedade atual. Para que possamos lhes confiar nosso voto antes de mais nada precisamos saber quais as formações esta pessoa possui, se ela já foi política, se desenvolveu bem esta função, se tem a ficha limpa, se já desenvolve alguma militância, se também trabalhou por outras questões como: Segurança, Saúde, Educação e etc.
Na atual conjuntura Brasileira temos muitos candidatos cristãos contudo vários destes são “Gasparzinhos”, não podemos contar com representantes que dependendo das “paredes” ficam no esquecimento, precisamos de gente que tenha coragem e altivez para defender as causas cristãs e também as demais que são inevitavelmente indispensáveis para o bom funcionamento da nação.
Tanto Maria como Gianna eram mulheres decididas e favoráveis a vida e a família ambas buscaram a excelência na maternidade e no amar aquilo que faziam, Gianna como uma boa medica era solidaria para com os mais pobres também cuidava dos seus filhos. Maria como uma boa mãe e esposa cuidava de Jesus e dos afazeres domésticos foi uma mulher exemplar para José, além de ajudar a Isabel sua prima quando está ainda estava gravida de João Batista.
Precisamos acordar para a realidade que nos é imposta pela atual estrutura que vive o nosso País. Vários projetos são colocados para destruir a moral humana, para a destruição da família e os presentinhos de gregos para os países que passam por ditaduras.

Gaudium Press - Notícias Católicas

Noticias de ACI Digital - Brasil

Noticias de ACI Digital - Mundo

ZENIT - O mundo visto de Roma

  ©Servos de Maria - ADISEMA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo