Google+

quinta-feira, abril 12, 2018

O Padre toma Skol

Dia de Nossa Senhora da Revelação, 12 de abril, 2018.
Fui a comunidade Santo Eugênio (no campo limpo – SP) para participar da missa e ir à missão que os Oblatos haviam criado na região. Na epoca minhas duvidas em relação a vocação eram constante; não havia terminado os estudos; vivia dentro da igreja e tudo que era de mundano causava-me repulsa, pensamento agnóstico. Isso a sete anos. Após o término da missa fui à casa de missão dos OMI – Oblatos de Maria Imaculada, assim que cheguei fiquei espantado (na época). Aproximadamente meio-dia, sentado ao lado direito da mesa com uma cerveja na mão: um padre. Um padre missionário. Idolatrado pela massa, tido como santo; cervejeiro dos bons.
Você pode está se perguntando o porque estou contando isso, vou explicar. 
igreja, na Suíça, produz desde a idade média a mais saborosa cerveja do mundo (Westvleteren XII) até hoje. Em questão de cerveja, quer ser especialista? Converse com um monge beneditino. Em Bruxelas existe o rito: bênção da cerveja; o próprio Papa Emérito Bento XVI ja o fez. Segue a bênção:
V. A nossa proteção está no nome do Senhor. R. Que fez o céu e a terra. V. O Senhor esteja conosco. R. E contigo também.
Abençoai, Senhor, esta criatura, a cerveja, que da riqueza do grão vos dignastes produzir do melhor lúpulo, para que seja remédio saudável ao gênero humano. Concedei que, pela invocação do vosso santo Nome, todos o que dela beberem recebam a saúde do corpo e a firmeza da alma. Por Cristo, nosso Senhor.
R. Amém
Santa Brigida da Irlanda, em várias ocasiões teria transformado água em cerveja. Beleza, e daí? 
É o seguinte: as civilizações ocidentais, influenciadas pelo catolicismo e pelo protestantismo gnóstico – um bando de zé povinho – decidiram que muitas coisas deveriam ser tidas como pecado, inclusive a cerveja. Enquanto que na parte oriental isso nem se discute, é verdade. Os protestantes europeus e os católicos de lá não demonizaram o consumo moderado do álcool, só o é quando em excesso. Erro grosseiro que tem feito com muitos apreciadores desse líquido divino deixem de ir a igreja; esses “santos” de hoje em dia precisam estudar mais sobre a história das civilizações, heresias e sobre como ser igreja. 
Com o povo, do povo, para o povo. 
Aquele espanto que tivera a sete anos atrás, não o possuo mais. Continuei dentro da igreja, estudei e aprendi: Heineken, Corona e Stella são ótimas, mas se quiser ter uma experiência divina tome Skol – aprendi com o Padre
Se você não bebe cerveja, continue assim. Mas não queira impor sua opinião à igreja. Essa é a realidade: é boa e não é pecado, pergunta ao Padre
No reino feliz tem de tudo, até cerveja.

Gaudium Press - Notícias Católicas

Noticias de ACI Digital - Brasil

Noticias de ACI Digital - Mundo

ZENIT - O mundo visto de Roma

  ©Servos de Maria - ADISEMA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo